.posts recentes

. "Mudar é bom"

. Amanhã logo se vê

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008


Terça-feira, 27 de Outubro de 2009

"Mudar é bom"

Não quero que batam com o nariz na tela como diz a minha grande companheira e por isso aqui estou eu para dizer ou antes para escrever umas palavras. Justifico a minha ausência por um excesso de afazeres e muitas ansiedades que me impedem, apesar da vontade, de parar e de dar ao dedo. A espera desespera e é assim que me sinto, esperando que aconteça aquilo que muito desejo, a mudança profissional que anseio há já muito tempo. Mas há gente que já não espera, porque chegou a ponte, chegou a nova morada, o mar acalmou. E a minha amiga finalmente vai embarcar numa nova viagem. Com esta amiga e colega muito passei, chorámos juntas, rimos juntas, fizémos muita coisas juntas no decurso de uma caminhada de três anos. Aprendi, saberes e valores. E "Pequenita" partes, mas em mim tens lugar cativo. Quando alguém que gostamos finalmente conseguiu ..., pulamos de alegria como se tal estivesse a acontecer connosco ou pulamos porque simplesmente o sabemos feliz, é a felicidade por cantágio, que nos apraz e satisfaz.  Mudar é bom, mudar faz falta, outros ventos, outras marés, outros marinheiros e camaradas e aí vamos nós cheias de vontade de desbravar, de conhecer novos mundos, novos caminhos com a vontade como combustível de andamento... vai pequenita torcemos por ti.


publicado por teladosentir às 20:53

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2009

Amanhã logo se vê

Dias há em que custa ser,

Dias em que dói querer e não poder,

Querer chegar e não saber o caminho,

Querer mudar mas sem força para começar,

Há dias em que custa ser,

Dias de espera,

Dias em que espero por ti,

Mas não chegas,

Dias há em que custa ser,

Dias em que as incertezas fustigam a alma,

E a deixam doente de vontade,

A vontade de me mudar,

Há dias em que custa ser,

Apetece ser o que não sou,

Estar com quem não estou,

Deixar de sentir o que a estou a sentir,

Dias em que a vontade parece tímida,

E dá lugar à imperiosa preguiça de me deixar estar,

Há dias em que apetece fugir da chuva,

Ou deixar-me atingir pelo seu toque esquivo e frio,

Há dias em que não quero ser,

Quero comprar outra vida,

Mudar-me para outro recanto,

Fugir de mim, de quem me quer,

Encontrar-me...

Achei-me e Hoje,

Hoje não custa tanto ser,

Quero estar contigo,

Quero voltar a sentir o que conheço,

Quero vestir-me de vontade,

E estar onde sempre estive,

Quero estar com quem me quer,

E hoje chega... quero ser,

E amanhã logo se vê!


publicado por teladosentir às 20:33

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.tags

. todas as tags