.posts recentes

. Uma casa portuguesa

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008


Domingo, 24 de Maio de 2009

Uma casa portuguesa

Há quem diga que pão e vinho sobre a mesa acalenta qualquer um, eu acrescento ao duo, a gente que na nossa vida mora, que lhe dá ainda mais sabor e com zero consequências ao nível da saúde. A família de sangue ou aquela que escolhemos para fazer parte dela, falamos dos amigos, são verdadeiras contas aforro. Dão sentido à caminhada terrena, estão lá para o que der e para o que vier. Mais importante ainda, conhecem-nos verdadeiramente, não precisamos de nos tapar, sentimo-nos aceites. Esta gente é aquela, que indo ao centro comercial, nos compra sem esperar por saldos, a pronto pagamento e não pedem talão de garantia, porque não nos querem devolver. E esta segurança é importante, é mesmo o pilar na vida de qualquer um de nós. Há uma canção que diz "vou tratá-la bem antes que saiba os meus segredos e me possa deixar". Com os amigos e gente de sangue, daqueles de peito, não corremos esse risco, sabem os nossos segredos, sabem as nossas imperfeições, mas sabemos que temos sempre um lugarzito cativo na bancada deles. Um viva aos amigos, gente de sangue com pão e vinho sobre a mesa, e isto sim, é verdadeiramente uma casa portuguesa. 


publicado por teladosentir às 14:36

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.tags

. todas as tags