.posts recentes

. "Palavras para quê"

. "O melhor do mundo são os...

. Vale a pena pensar nisto

. Filhos de pais em guerra

. "Mudar é bom"

. "O amor veio para ficar"

. Parabéns Ritas

. "Quem é vivo sempre apare...

. Uma casa portuguesa

. "Play sempre"

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

Domingo, 24 de Maio de 2009

Uma casa portuguesa

Há quem diga que pão e vinho sobre a mesa acalenta qualquer um, eu acrescento ao duo, a gente que na nossa vida mora, que lhe dá ainda mais sabor e com zero consequências ao nível da saúde. A família de sangue ou aquela que escolhemos para fazer parte dela, falamos dos amigos, são verdadeiras contas aforro. Dão sentido à caminhada terrena, estão lá para o que der e para o que vier. Mais importante ainda, conhecem-nos verdadeiramente, não precisamos de nos tapar, sentimo-nos aceites. Esta gente é aquela, que indo ao centro comercial, nos compra sem esperar por saldos, a pronto pagamento e não pedem talão de garantia, porque não nos querem devolver. E esta segurança é importante, é mesmo o pilar na vida de qualquer um de nós. Há uma canção que diz "vou tratá-la bem antes que saiba os meus segredos e me possa deixar". Com os amigos e gente de sangue, daqueles de peito, não corremos esse risco, sabem os nossos segredos, sabem as nossas imperfeições, mas sabemos que temos sempre um lugarzito cativo na bancada deles. Um viva aos amigos, gente de sangue com pão e vinho sobre a mesa, e isto sim, é verdadeiramente uma casa portuguesa. 


publicado por teladosentir às 14:36

link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De serip a 24 de Maio de 2009 às 20:22
A mesa, o pão e o vinho, três elementos, ao melhor estilo Português, o quanto baste para um despretensioso fórum tasquinha, aonde tudo é transparente, soltam-se receios, inibições e todo o tipo de dicas e tricas que dispensam formalismos, um encontro de amigos é a melhor terapia de grupo!


De Maria de Jesus a 25 de Maio de 2009 às 16:46
Que bom! O sabor duns braços abertos, sempre, sempre à nossa espera! Depois de longa viagem ou de breve ausência.
Que bom! O saber da certeza dum sorriso solidário, quando o nosso sol se nimbou à sombra de nuvem negra e pesada; ou dum sorriso cúmplice, repleto de partilha.
Que bom! O sentir a presença do consolo, mesmo que silencioso, nas horas desesperadas, quando estamos a recolher os pedaços dos cristais que por incúria deixamos estilhaçar!
Que bom! Estarmos juntos na festa da vida, quando viver é beber a taça transbordante do elixir da alegria e felicidade!
Que bom! Coexistirmos, na reciprocidade do entendimento, da vivência partilhada e do amor!
Também quero estar lá.
Beijinhos e muita ternura


De rosafogo a 5 de Junho de 2009 às 00:16
Eu tenho vergonha de não ter visitado ainda esta casa bem Portuguesa, com vinho e pão sobre a mesa,
mas prometo cantar-lhe a canção do mesmo nome
logo que surja oportunidade. Está disposta a ouvir?!
Que remédio!

Beijinho grande


De rosafogo a 26 de Junho de 2009 às 00:02
Passei, para saber se está bem.
Que saudade, já tenho da menina, mas o tempo passa rápido e logo, logo, nos reencontraremos.


Beijinho
Natália


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.tags

. todas as tags